CSNU

Conselho de Segurança 
das Nações Unidas

CSNU.png

O Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) é um órgão supranacional que funciona dentro do sistema das Nações Unidas e se reúne na sede da ONU, em Nova York. Com a capacidade de discutir conflitos regionais e violações de tratados e da própria ordem do sistema internacional, seu principal objetivo é garantir, através de medidas e ações multilaterais, a segurança internacional e promover a paz mundial.

 

Criada em 1945, a organização conta com 15 Estados-membros, sendo cinco deles permanentes, os quais possuem direito a veto (Estados Unidos da América, França, Reino Unido, China e Rússia), e dez deles rotativos, que possuem mandato de dois anos. As cadeiras rotativas desse órgão são divididas por meio de grupos regionais: 5 para a África e  Ásia, 1 para a Europa Oriental, 2 para a América Latina e Caribe, e 2 para Europa Ocidental e outros. Ademais, o comitê conta também com países observadores,  que participam da discussão mas não têm poder de voto. 

Além de ser realizado em duplas, o Conselho de Segurança é o único comitê que possui caráter mandatório. Isto é, todos os membros das Nações Unidas devem aceitar e cumprir as decisões do Conselho, enfrentando sanções econômicas ou intervenções militares caso contrário.

Diretores

Com a função de organizar o Comitê e orientar os delegados em seus estudos e solucionar possíveis dúvidas, os Diretores do CSNU da XVI SINU são no total, quatro alunos do 3º ano do Ensino Médio.

Victoria
Rea

Lígia
iervolino

João
Egashira

Felipe
Unti

tema do comitê

Guerra na Ucrânia

Nesse ano, as discussões que ocorrerão no Comitê de Segurança das Nações Unidas são relacionadas com o tema “Guerra na Ucrânia”. Os principais objetivos do debate concentram-se em trabalhar em tópicos como as discussões sobre fronteiras russo-ucranianas e questões militares ligadas ao conflito, em buscar, por meio da diplomacia, avanços pela paz entre Ucrânia e Rússia e em promover soluções estratégicas para as tensões na região.