• Ana Beatriz Borges Inati

BÓSNIA E REPÚBLICA SPRSKA EM CLIMA DE TENSÃO

Discordância entre os países e seus aliados se tornam fervorosas e gera discussão acalorada na primeira sessão do Conselho de Segurança Histórico


7 de abril de 1994

Ana Beatriz Inati - CSH — 2.ª Sessão


A segunda sessão do Conselho de Segurança da XV Simulação das Nações Unidas, iniciada neste sábado (07), abriu o debate acerca da Guerra da Bósnia com o primeiro tópico da agenda: Questões Históricas e Conflitos Étnicos.


A Republica Sprska iniciou a discussão manifestando seu repúdio ao genocídio sérvio realizado pela Croácia durante a Segunda Guerra Mundial, o qual foi defendido pela Croácia, que declarou o governo da época como apenas um Estado fantoche. A Bósnia afirmou que a República Sprska deveria ter o mesmo posicionamento de repúdio acerca da limpeza étnica que eles mesmos estão realizando hoje na Bósnia.


A discussão então se intensificou, com posicionamento de ambos os lados questionando se os ocorridos na Bósnia de fato caracterizam um genocídio. A delegação Russa, assumindo uma posição quase mediadora, afirmou que ambos os lados cometeram atrocidades, portanto, o conflito não é de fato uma limpeza étnica, mas sim uma guerra. A Bósnia, em conjunto com seus aliados EUA, CRO, CAN, RU e FRA afirmou que a República Sparska e seus aliados, IUO e RUS, não apenas estavam tentando realizar uma limpeza étnica, mas também uma limpeza histórica, buscando apagar da memória a morte de milhares de bósnios.


A República Croata atestou o afirmado pela Bósnia, declarando que 80% das mortes ocasionadas pelo conflito foram de cidadãos bósnios. Outros aliados também declaram que campos de concentração, estupro em massa e bombardeios de civis caracterizam um genocídio e não uma guerra comum. “Seria uma guerra se fosse exército contra exército. Tem cidades sendo bombardeadas e campos de concentração de eliminação em massa. Não é só uma guerra, é um genocídio de limpeza étnica”, afirmou o delegado da Croácia. A Rússia, por sua vez, reafirmou que ambos os lados cometeram crueldade visto que existiam campos de concentração de ambos os lados e, embora tenha ocorrido mais mortes de um dos lados, a guerra se iniciou devido a ações bósnias.


Foto por: Gabriela Blackman Sisinno


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Durante o debate moderado: Israel: “As senhora gostariam de gravar em outro lugar?” Jornalistas: “não obrigada” Diretor Ig: “A mesa endossa então o início da redação da Proposta de ResoluCIÓN” Diretor

"O México dividia, divide e continuara dividindo a América Central" - México. "O senhor dispõe de...Peraí q a mesa é de humanas" - Mesa. "FUDEU, encerro meu discurso" - França. "A angola dispõe de um

Delegado da Coreia do Norte finalizando discurso: "e é sobre isso!" Índia ao iniciar discurso: "Minha delegacia declara:" Cuba afirma: "Não falarei mais sobre sanções econômicas, falarei agora sobre e